PortugalGay.pt Pocket!
Índice Notícias
BRASIL: Vídeo-clip denuncia violência anti-LGBT com celebridades mundiais
Dom, 12 Nov 2017

BRASIL: Vídeo-clip denuncia violência anti-LGBT com celebridades mundiais
Foram registados mais de 330 assassinatos de pessoas LGBT no ano passado, quase metade são pessoas trans

Celebridades como Britney Spears, Boy George e Melanie C juntaram-se à acção.

O Brasil está, infelizmente, nos tops de mortes violentas mundiais independentemente de género e orientação sexual. Mesmo assim as estatísticas de crimes de ódio conhecidos contra pessoas LGBT são arrepiantes e ultrapassam todas as outras nações com um ataque registado a cada 25 horas. Os discursos de muitos políticos da ala fundamentalista religiosa que cada dia cresce mais no país também não ajudam a melhorar a situação.

Isto apesar do país ter uma legislação que reconhece o casamento equalitário e adopção plena, ter sido dos primeiros países a fornecer medicação gratuita para pessoas que vivem com o VIH e ter das maiores celebrações do Pride LGBT do mundo chegando às 3 milhões de pessoas num evento.

Em resposta o cantor Yann preparou um vídeo denunciando a violência contra pessoas LGBT no Brasil. O projecto teve o apoio de mais de 25 artistas, incluindo estrelas internacionais. A lista inclui nomes como Alfonso Herrera, Boy George, Britney Spears, Bruno Gagliasso, Céline Dion, Chelsea Handler, Claudia Alencar, Criolo, Demi Lovato, Diplo, Dita Von Teese, Elza Soares, Fernanda Lima, Jason Mraz, Jesuíta Barbosa, John Waters, Laerte, Lana Wachowski, Lorde, Luba, Melanie C, MØ, Nico Tortorella, Sonia Braga, Tegan Quinn (Tegan & Sara) e The Chainsmokers. Toda a receita resultante da música e vídeo é destinada ao Grupo Arco-Íris que apoia a comunidade LGBT.

A nossa pluralidade é enorme e nunca será possível representar todos nós, mas espero que esta canção e o apoio de todos envolvidos tragam mais visibilidade ao assunto, para que possamos continuar a fazer progressos reais e mudar o dia-a-dia da comunidade LGBT

O single está disponível agora em iTunes, Apple Music, Tidal e Spotify.

Assista ao video aqui:



PortugalGay.pt (Portugal)

PortugalGay.pt Pocket!   @
©2000-2017 Todos os direitos reservados PortugalGay®.pt