PortugalGay.pt Pocket!
Índice Notícias
EUA: Republicano homofóbico apanhado em vídeo com prostituto adolescente
Qua, 6 Dez 2017

EUA: Republicano homofóbico apanhado em vídeo com prostituto adolescente
O ex-senador de Oklahoma Ralph Shortey enfrenta uma pena de prisão de 10 anos

Shortey era um senador do estado republicano e um membro sénior da principal equipa de campanha de Donald Trump no Oklahoma, mas abandonou as atividas no início deste ano depois ter sido preso por acusações de prostituição infantil. O político dos "valores tradicionais", casado com filhos, foi apanhado num quarto de hotel com um rapaz de 17 anos que, segundo as autoridades, Shortey havia contratado como prostituto. A idade de consentimento em Oklahoma é de 16, mas a lei de prostituição infantil do estado aplica-se a menores de 18 anos.

Novo vídeo da polícia

A polícia apresentou agora o vídeo do incidente no motel Super 8 em Oklahoma City, depois de terem sido notificados de que um adolescente estava com Shortey. Nas filmagens, um polícia diz ao legislador: "Você tem um adolescente no seu quarto de motel ... saia antes de me preocupar. Mostre as suas mãos".

Shortey aparece com uma tshirt citando um versículo da Bíblia (Efésios 5:22) sobre as mulheres que se submetem à vontade de seu marido, com a frase 'Vá faça-me uma sanduíche'.

Shortey respondeu: "Deculpem. Vocês estão a me assustar um pouco".

O policia acrescenta: "Sim. É o que fazemos. Ele tem 17 anos".

O político inicialmente afirmou que era o mentor do adolescente, e que estavam "apenas dando uma volta e falando sobre a vida ... Estou a tentar ajudá-lo a conseguir que a sua vida vá no caminho certo".

A polícia encontrou Marijuana no quarto e comentou: "Ficar pedrado num quarto de hotel com um jovem adolescente parece-me uma má ideia".

Shortery mais tarde entregou-se para enfrentar as acusações em tribunal e renunciou ao Senado de Oklahoma.

Confira a reportagem de uma televisão local onde além do vídeo da polícia o senador diz numa entrevista antiga que "não se deve ter drogas em frente a menores":



Tradição de homofobia

Ao servir no Senado estadual, Shortey descreveu-se como um defensor dos "valores tradicionais" e votou regularmente com os seus colegas republicanos em leis que visavam as pessoas LGBT. Poucos meses antes da sua prisão, votou para permitir que os empresários pudessem discriminar as pessoas LGBT.

Acusado de tráfico sexual infantil

Os documentos do tribunal publicados anteriormente incluíam uma declaração jurada que revelava alguns dos detalhes gráficos do caso. De acordo com a declaração, Shortey ofereceu-se para pagar ao adolescente por "coisas sexuais" para que o jovem pudesse ter dinheiro para as férias da Páscoa.

Shortey foi inicialmente acusado de prostituição infantil, de se envolver em prostituição a menos de 1000 metros de uma igreja e de transportar um menor para prostituição.

3. pág. seguinte...

PortugalGay.pt (Portugal)

PortugalGay.pt Pocket!   @
©2000-2017 Todos os direitos reservados PortugalGay®.pt