EUA: Casos da vida (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sábado, 29 Agosto 2009 11:32

EUA
Casos da vida



Uma mulher transexual detida foi violada. Candidata transexual processará Twitter. Transgénero anarquista ataca sede democrata.


O advogado de uma detida no O'ahu Community Correctional Center afirmou que a sua cliente foi violada por um elemento da guarda prisional.

A mulher, de 31 anos, pré-op, foi colocada numa prisão masculina embora a sua aparência seja feminina. Enquanto esperava transferência para o Laumaka Work Furlough Center, um programa para detidos prestes a serem libertados, trabalhava na limpeza do refeitório.

No Domingo, um guarda seguiu-a até uma área menos visível da cozinha (o que ficou registado por uma câmara de vigilância) e forçou-a a praticar um acto sexual.

Uma queixa foi apresentada à OCCC bem como à polícia de Honolulu, que classificaram o caso como um assalto sexual de segundo grau. A mulher foi imediatamente conduzida ao posto médico onde lhe foi oferecido apoio psicológico. O caso encontra-se em investigação.

Outra queixa está para ser apresentada, mas desta vez por uma mulher transexual candidata a Mayor de Nampa, Idaho, contra o Twitter por permitir a existência de uma falsa conta em seu nome que ficou online durante semanas após pedido para a encerrar.

Melissa Sue Robinson, que entrou na corrida para Mayor em Junho, afirmou à KTRV que ficou chocada ao descobrir um link no seu nome direccionado a uma conta Twitter intitulada ?WomanWithAPenis? (Mulher Com Pénis). Esta mesma conta foi referenciada por ter enviado mensagens lascivas a um repórter de Michigan.

Robinson planeia apresentar queixa por difamação e violação de privacidade, de modo a que o Tribunal force o Twitter a identificar o detentor da falsa conta, de forma a poder ser processado.

Vândalos partiram esta semana as janelas da sede do Colorado Democratic party fazendo $11.000 de prejuízo. Um poster anti-Obamacare (plano de saúde do governo Obama) foi deixado no local.

A polícia encontrava-se na área e depois de uma perseguição a um dos suspeitos que tentava fugir de bicicleta, deteve Maurice Schwenkler, de 24 anos, acusando-o do crime.

Suspeita-se que Maurice seja um elemento de uma organização denominada Queers Against Obama, sendo anarquista e transgénero.

Maurice saiu em liberdade, tendo a fiança sido paga por um grupo queer radical denominado Denver Bash Back!, que fez uma colecta online usando um endereço de email da Colorado Coalition for the Homeless.

Aguardam-se mais desenvolvimentos desta confusa teia de movimentos e grupos.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal