EUA: Animadores radiofónicos norte-americanos promovem violência contra Transgéneros (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quinta-feira, 4 Junho 2009 11:02

EUA
Animadores radiofónicos norte-americanos promovem violência contra Transgéneros



os animadores do programa radiofónico matinal "Rob, Arnie and Dawn in the Morning", Rob Williams e Arnie States da rádio 98.5 KRXQ de Sacramento, arranjaram confusão com comentários sobre a comunidade transgénero e transexual e sobre as crianças trans.


Durante o programa da última quinta-feira, williams disse que "Um rapaz que use um vestido é um freak. É maluco". States, por sua vez, afirmou que "Deus proíba que o meu filho calçe sapatos de salto-alto, eu provavelmente bater-lhe-ia com um dos meus sapatos". Dawn Rossi, por seu turno, tentou amenizar as coisas pedindo desculpas na emissão.

Também descreveram o movimento T como uma impostura. Estas declarações provocaram ondas de choque pela comunidade T e seus apoiantes, originando uma enchente de emails, telefonemas e a exigência de um pedido de desculpas por parte da Gay & Lesbian Alliance Against Defamation (GLAAD) que emitiram um alerta dizendo que "os dois animadores gastaram mais de 30 minutos promovendo explicitamente o abuso e a violência contra crianças e fazendo comentários cruéis, desumanizantes e difamatórios sobre crianças T. Um deles sugerindo como cura para a identidade de género terapias de choque. A Drª. Carol Milazzo da Parents, Families and Friends of Lesbians and Gays (PFLAG) trabalha com crianças T e disse que comentários deste tipo podem levar a reacções violentas. "Crianças que sejam T têm um alto risco de suicídios. Isto é perigar ainda mais as suas vidas".

O director da KRXQ, Jim Fox, defendeu os animadores dizendo que "a emissão está cheia de hipérboles e usam exageros para marcarem uma posição", e que a estação esclarecerá os comentários na emissão de Quarta-feira próxima, não dizendo no entanto se a emissora ou os animadores apresentarão um pedido de desculpas.

Em 2008, só em casos conhecidos e reportados, foram 21 os assassinatos nos EUA:

21 de Janeiro: Adolphus Simmons, de 18 anos, de Charleston, foi abatido a tiro quando levava o lixo para o contentor;

10 de Fevereiro: Sanesha Stewart do Bronx, esfaqueada por um conhecido e abandonada no seu apartamento para morrer;

12 de Fevereiro: Lawrence King, de 15 anos, de Oxnard foi abatido com um tiro na cabeça por um colega de 14 anos;

22 de Fevereiro: Simmie Williams, de 17 anos, de Fort Lauderdale, foi baleada mortalmente; ninguém foi preso;

1 de Julho: Ebony Whitaker, de 20 anos, de Memphis foi baleada perto de um centro de dia; ninguém foi preso;

21 de Julho: Angie Zapata, de 18 anos, de Greeley foi agredida até à morte no seu apartamento com un extintor de fogo;

20 de Agosto: Nakhia Williams, de 29 anos, de Louisville faleceu 10 dias depois de ter sido agredida e baleada por um grupo ao pé do seu apartamento;

21 de Setembro: Ruby Molina, de 22 anos, de Sacramento foi encontrada morta no American River por pescadores;

9 de Novembro: Duanna Johnson, de 42 anos, de Memphis foi abatida a tiro por desconhecidos, depois de em Fevereiro ter sido agredida dentro de uma esquadra de polícia. O processo judicial contra a cidade de Memphis ainda decorria quando da sua morte;

14 de Novembro: Lateisha ?Teish? Cannon, de 22 anos, de Syracuse foi abatida a tiro dentro do seu carro juntamente com o seu irmão e um amigo;

26 de Dezembro: Taysia ?Taysha? Elzy, de 34 anos, de Indianapolis foi abatida a tiro juntamente com o seu namorado.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal