MOÇAMBIQUE: Igreja católica pede resistência a crentes face casamentos "imorais" (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quarta-feira, 28 Dezembro 2005 23:31

MOÇAMBIQUE
Igreja católica pede resistência a crentes face casamentos "imorais"



Segundo o jornal "O Região Leiria", a igreja católica em Maputo insurgiu- se contra a recente legalização do casamento homossexual na Grã- Bretanha e em alguns países africanos, apelando aos crentes moçambicanos a "tudo fazerem para que esta prática imoral não chegue a Moçambique". "Isto (casamento homossexual) é imoral e tudo devemos fazer para que esta prática não chegue a Moçambique. Nós não queremos pactuar com estas imoralidades que chocam as regras normais de convivência entre os homens", disse o arcebispo de Maputo, Francisco Chimoio, hoje citado em toda a imprensa da capital moçambicana. O apelo do arcebispo de Maputo, feito na homília do Dia de Natal, surge também a propósito da alegada degradação dos valores morais na sociedade moçambicana, severamente criticada pela igreja católica em Moçambique. A constituição moçambicana, país laico, não admite vínculos homossexuais, prática que tem vindo a ganhar algum terreno, sobretudo na capital moçambicana, Maputo. O arcebispo criticou igualmente alguns progenitores que "incitam as suas filhas à prática da prostituição", acusando-os de contribuírem para a propagação da SIDA. "Muitas destas raparigas praticam tais actos (de prostituição) a mando dos próprios pais", denunciou o arcebispo.


"Nós vemos nas estradas e em muitas casas da cidade raparigas de várias idades à espera de clientes para venderem o seu corpo a troco de dinheiro", lamentou o clérigo, exortando aos pais a travarem este mal que designou como "treva". Francisco Chimoio acusou ainda a elite política moçambicana pelo elevado nível de corrupção que grassa as instituições públicas do país, mostrando-se desagradado com a crescente burocracia naqueles estabelecimentos estatais. "Muitas vezes verificamos longas filas nos serviços públicos, tudo por causa da burocracia que ainda emperra o sector público", referiu.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal