QUÉNIA: Supremo Tribunal aceita exames médicos para verificar práticas homossexuais (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 28 Junho 2016 14:13

QUÉNIA
Supremo Tribunal aceita exames médicos para verificar práticas homossexuais



A ideia não é nova, mas mantém todas as premissas de invasão e agressão ao ser humano.


O Supremo Tribunal Queniano disse ser constitucional o exame anal aos homens suspeitos de serem homossexuais.

Para o juiz Mathew Emukule este exame não é contra os direitos humanos, pois o mesmo é um exame clínico, justificando desta forma a decisão tomada da sua constitucionalidade. A comunidade cientifica mantém o seu repúdio pelo ato, apontando-o como sendo altamente preconceituoso. No passado mês de Fevereiro dois indivíduos foram submetidos a esta exame do reto mas não só, dizem os agora presos que alem do exame retal, realizaram ainda exame clínicos por meio de analise das infeções VIH e Hepatites, como forma de provar a sua sexualidade. Junta-se a isto a violência exercida sobre os detidos pela policia.

O tribunal acusou os dois de terem relações entre si, e por foram presos numa prisão da cidade de Ukunda, no litoral do Quénia.

O clima de homofobia no Quénia foi amplificado com o recente ataque em Orlando, EUA, que fez despoletar uma onde de comentários nas redes sociais no sentido da morte das pessoas LGBT.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal