PORTUGAL: Balanço do Queer Lisboa 21, por João Roque (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Domingo, 24 Setembro 2017 19:30

PORTUGAL
Balanço do Queer Lisboa 21, por João Roque



Pois foi, chegou ao fim o Queer Lisboa 2017. Foi um bom festival? Não, foi apenas um festival mediano, com algumas boas surpresas.


Confesso que ao ver o programa esperava pior; assisti a cerca de 20 sessões e filmes maus foram poucos, mas também escassos foram os filmes verdadeiramente bons. Quero frisar que aqui estão apenas opiniões pessoais como é óbvio.

Dos que eu vi, e no que respeita às longas metragens, os melhores filmes não estavam a concurso; foi o que sucedeu com o filme de abertura "God's Own Country" (o melhor filme do festival), o filme de encerramento "Mãe só há uma" e com alguns filmes da secção Panorama - "Quand On a 17 Ans", "1:54" e "100 Men".

Dos filmes a concurso apenas não vi dois, e devo confessar a razão, que será passível de condenação, mas eu não aprecio de uma forma geral de filmes sobre lesbianismo...e logo um dos que não vi, foi o vencedor, talvez para eu aprender...Dos que vi, o melhor foi "Close-Knit".

Na secção Documentários, apenas vi 3 dos oito filmes a concurso (mea culpa, mea culpa) e o melhor deles foi para mim "Entre os homens de bem".

Tanto nas longas metragens como nos documentários os júris decidiram de forma diferente, que eu respeito, restando-me a consolação de que os meus preferidos nestas duas secções ganharam os prémios do público - os jurados eram 3 em cada júri, o público foram várias centenas...

Nas curtas metragens em competição, vi cerca de dois terços e houve algumas pouco interessantes e poucas bastante interessantes. Curiosamente aqui eu e o júri coincidimos que a melhor foi "Les Îles".

Na secção Queer Art apenas vi um filme e foi o vencedor - é caso para dizer que tive pontaria - que foi "Occidental".

Finalmente e no que respeita a filmes em competição, na secção In My Shorts, vi quase tudo e aqui esteve a maior e melhor surpresa do Queer deste ano - uma "pérola" de 14 minutos para ver e rever - "Etage X". Ganhou, só podia...

Uma referência para um filme especial que passou na secção Hard Nights e ultrapassou o tédio dos filmes catalogados como pornos. Trata-se do muito interessante "Berlin Drifters".

Para o ano há mais e uma palavra de agradecimento para a organização, impecável, mais uma vez.

Vejam a lista dos premiados aqui.

PORTUGAL: Balanço do Queer Lisboa 21, por João Roque

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal