EUA: Revista Time com três LGBT+ na lista das 100 pessoas mais influentes (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 24 Abril 2017 09:47

EUA
Revista Time com três LGBT+ na lista das 100 pessoas mais influentes



RuPaul, Gavin Grimm e Sarah Paulson estão entre as 100 pessoas mais influentes de 2017 para a Revista Time. Naomi Campbell, Janet Mock e Cate Blanchett prestam homenagens às estrelas.


O diretor de Moonlight, Barry Jenkins, também teve um lugar na lista.

RuPaul

A supermodelo Naomi Campbell escreveu um testemunho tocante sobre como conheceu RuPaul e como serviu de inspiração desde então.

Ru era diferente. Não só porque tinha roupas perfeitas e maquilhagem precisa, ou porque era o único homem que eu sabia que poderia ficar tão bem com uma peruca e saltos altos. Não havia arestas a limar para serem encontradas. Mas à medida que o conheci melhor, comecei a experimentar na primeira mão a sua sagacidade e sua inteligência - ele é como uma enciclopédia. E a sua beleza está muito além da superfície. Naomi Campbell

Ela elogiou os seus esforços para trazer o conceito Drag para um público mais amplo, antes de dizer: "Eu sou abençoada por conhecer Ru. Todos nós somos."

Gavin Grimm

A ativista de direitos trans, escritora e apresentadora de TV, Janet Mock elogiou Gavin Grimm, cujo caso no Supremo Tribunal dos EUA estava no caminho de mudar as vidas e os direitos dos estudantes trans em todo o país.

[Grimm é] o rosto inocente de um debate redutor e sujo sobre o direito das pessoas trans a usufruirem de espaços públicos sem hostilidade, assédio e violência Janel Mock

O tribunal acabou por descartar o caso de Grimm pelo direito de usar o WC adequado ao seu género na escola, mas o caso continua em curso na Virgínia.

O seu caso, que continua em curso na Virgínia, tem implicações que vão muito além dos WCs. É sobre um maior sentimento de pertença para todos nós. Na escola, em casa e nos nossos bairros e locais de trabalho há tanta coisa que oprime as pessoas trans pressionando-os a esconderem-se, fingirem ou, simplesmente desaparecerm. A recusa de Gavin a ser tratado injustamente é um lembrete duradouro de que não vamos ser apagados Janel Mock

Sarah Paulson

E a dedicatória a Sarah Paulson foi escrita pela sua co-estrela de Carol, Cate Blanchett, que descreveu o ator como "único e inarrumável" e de "permanecer fiel à sua voz distinta".

Quando o encontrei pela primeira vez durante as filmagens de Carol, eu estava atordoada pela sua flutuabilidade, e irreverência, pelo senso de humor obtuso e a devoção ao seu ofício. Quando se entra numa cena com Sarah é como se começasse um jogo. Ela traz consigo, no trabalho como na vida, a sensação de que tudo é possível. Tudo! Cate Blanchett

e ainda...

Também na lista, que pretende destacar as pessoas mais influentes do mundo, estão líderes como Donald Trump, Putin, Theresa May, o ativista Julien Assange e o Papa Francisco. Também na lista estão alguns desportistas, incluindo Neymar (com texto de David Beckham). O conhecido ator gay, George Takei, escreveu o texto de Bob Ferguson, Procurador Geral do Estado de Washington. Elton Jonh escreveu o tributo ao cómico James Corden.

EUA: Revista Time com três LGBT+ na lista das 100 pessoas mais influentes
 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal