RÚSSIA: Líder da Chechénia afirma - famílias devem matar familiares homossexuais (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quinta-feira, 20 Julho 2017 10:17

RÚSSIA
Líder da Chechénia afirma - famílias devem matar familiares homossexuais



O líder da Chechénia, Ramzan Kadyrov, defendeu homicídios de honra para homens gays.


Em entrevista ao canal televisivo HBO, o presidente checheno disse que defenderia os direitos das famílias de assassinar seus familiares gays. Em teoria o assassinato de familiares com base na crença que a vítima trouxe vergonha para a família, são ilegais na Rússia e na Chechénia.

Na entrevista declarou:

Se nós temos essas pessoas aqui, então eu digo-lhe oficialmente, seus parentes vão acabar com eles, por nossa fé, nossa mentalidade, costumes e tradições. Mesmo que seja punível de acordo com a lei, nós os apoiaremos Ramzan Kadyrov

A entrevista aconteceu no contexto de uma nova campanha por parte do governo da Chechénia de promoção do desporto na região. Kadyrov é também presidente do ginásio Akhmat Fight Club e da Akhmat MMA na capital Grozny. Várias estrelas do desporto internacional responderam à chamada do líder da Chechénia, embora não sejam conhecidos os valores pagos. Um dos exemplos é o jogador brasileiro Ronaldinho que divulgou fotos todo sorridente com o líder homofóbico.

Quando o entrevistador David Scott da HBO pediu o comentário de Kadyrov sobre "alegados sequestros e tortura de homossexuais na república", a resposta foi:

Por que veio aqui? Qual é o objetivo dessas questões? Isso não faz sentido. Não temos esses tipos de pessoas aqui. Nós não temos nenhuns gays. Se os encontrarem, levem-os para o Canadá. Louvado seja Deus. Levem-nos longe de nós, então não os teremos em casa. Para purificar nosso sangue, se houver algum aqui, levem-os. Eles são demónios. Eles estão à venda. Eles não são pessoas. Deus os esconjure pelo que eles nos acusam. Eles terão que responder ao Todo-Poderoso por isso Ramzan Kadyrov

Tanya Lokshina, da Human Rights Watch, disse que as autoridades chechenas conduziram "execuções extrajudiciais, desaparecimentos forçados, tortura e tratamentos cruéis e degradantes" ao longo das duas últimas décadas.

RÚSSIA: Líder da Chechénia afirma - famílias devem matar familiares homossexuais

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal