Notícias - PORTUGAL: 20 anos depois - Fabíola Cardoso (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sábado, 18 Março 2017 22:31

PORTUGAL
20 anos depois - Fabíola Cardoso



Uma das impulsionadoras da primeira associação lésbica em Portugal, o Clube Safo, fala-nos destes 20 anos intensos com muito suor, lágrimas e sorrisos.


20 anos de Luta e Festa

Portugal mudou, mudou muito e para melhor nestes últimos 20 anos. Uma das áreas em que esta mudança foi mais evidente foi a das questões ditas LGBT (QI et al).

Não foi só a sigla em si que cresceu, passando a incluir não só Lésbicas e Gays, mas também Bissexuais e Transsexuais, e mais tarde, Queers, Intersexuais e outros desviantes à norma heterossexista vigente. Foi acima de tudo o espaço de visibilidade e a “aceitação social” que se ampliaram: de um quase silêncio mediático, artístico e político passámos para um momento de evidente não negação. Cresceu ainda a protecção conferida pelas mudanças legislativas significativas que se operaram nestes poucos anos.

Mas esta mudança não aconteceu por acaso ou só devido a mudanças operadas noutros países. Estas profundas mudanças sociais, ainda que não tão profundas como gostaria, ocorreram devido ao trabalho, ao empenho, à entrega pessoal de muit@s activistas. Foram estas pessoas que, em diversos grupos formais ou informais, de múltiplas formas colaborantes e complementares, ainda que por vezes também em conflito e confronto, alavancaram a sociedade, os media e os partidos políticos para a mudança.

No ano de 1996 nasceu, não só o PortugalGay.pt, mas também o Clube Safo, aquela que foi a primeira (única?) associação exclusivamente lésbica em Portugal. Sobre o trabalho, a dedicação, a coragem, o engenho, a entrega das pessoas que dinamizaram estes dois grupos muito haveria a dizer. Num momento em que os homossexuais visíveis ainda eram considerados como “mártires”, em que o silêncio era a norma e que não havia qualquer tipo de apoios, nem paceiros institucionais para estes grupos, ter a ousadia de avançar contra a maré era uma luta difícil.

A internet que despontava foi um espaço privilegiado de procura, não só de informações e contactos, mas também de identidade e apoio, de convívio, amor e sexo. O PortugalGay.pt, soube encontrar o equilíbrio entre todas estas faltas e ser um útil e poderoso instrumento de criação de comunidade.

Muito daquilo que sou como pessoa se deveu ao meu percurso como ativista lésbica nestes 20 anos. Portanto a Luta e a Festa fazem parte da minha identidade, do meu discurso e das histórias que conto aos meus filhos. Na minha memória as histórias lutam por um lugar no discurso à lareira mas de todas uma se destaca: o surgimento da primeira Marcha do Orgulho em Portugal.

A ideia surge num encontro do Clube Safo, ocorrido em Lisboa, na sede da associação Opus Gay sobre o tema (in)visibilidade lésbica. Falávamos dos obstáculos à visibilidade das mulheres lésbicas e de que fora ela se poderia promover e incentivar. Foi a Mica que se referiu à falta que fazia em Portugal um momento de visibilidade que fosse simultaneamente um evento reivindicativo, político e um momento de festa e celebração da diversidade das identidades unidas pela bandeira do arco-íris. Um momento partilhado em que pudessem participar tod@s aqueles que entendiam necessária a mudança.

Colocou-se a questão da visibilidade, de as pessoas, em particular as mulheres, terem medo de dar a cara, de poderem aparecer numa televisão ou numa folha de jornal. Foi sugerido que a organização disponibilizasse máscaras a tod@s aqueles que as desejassem usar. O argumento seria: não temos vergonha, temos razões para ter medo!

O Clube Safo apresentou a provocação às outras associações e, após alguma discussão, a proposta foi aceite! Em 2000 realizou-se a primeira Marcha em Lisboa.

O meu muito obrigada a tod@s @s que contribuíram para o surgimento e manutenção deste (ainda) importantíssimo momento de Luta e Festa, em especial ao PortugalGay.pt.

Fabíola Neto Cardoso, Março 2017
Santarém

ⓘ Mais informação?Queres saber mais?

Consulta a nossa secção Activismo

PORTUGAL: 20 anos depois - Fabíola Cardoso

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal