SAÚDE: Estudo sobre Chemsex em Londres revela dados preocupantes (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sexta-feira, 15 Setembro 2017 15:51

SAÚDE
Estudo sobre Chemsex em Londres revela dados preocupantes



Uma nova pesquisa mostra a realidade da prática de usar drogas para o sexo, conhecida como "chemsex"


A pesquisa foi feita pelo Gay Star News e o aplicativo Blued junto de 1117 pessoas. O estudo conclui que quase 1 em cada 4 (23%) daqueles que se envolvem em "chemsex" conhecem alguém que morreu após um "chillout", enquanto o mesmo número (23%) diz que eles próprios já tiveram uma overdose em "G". Quase dois terços (60%) relataram ansiedade ou depressão como resultado de uma sessão de chemsex.

Dos homens participantes, 91% identificaram-se como homossexuais, 6% como bissexuais. 95% eram cisgéneros e havia um grande número viviam em Londres, onde o problema emergente tem sido amplamente divulgado nos últimos anos.

Prática arriscada

Os inquiridos relataram diversas situações de risco: 1 em 10 (10%) foram sexualmente agredidos num ambiente de chemsex, enquanto a mesma proporção dizia ter acabado no hospital depois de uma sessão.

Mais de metade (52%) dizem que correm mais riscos com sua saúde sexual quando estão em chemsex, enquanto 4 em 5 (82%) disseram que usam aplicações de encontro de alguma forma para planearem a sessão, comprar drogas ou encontrar festas.

Também se faz sozinho

Ao contrário do que muito pensam, a prática não é exclusiva de grupos: 3 em cada 10 daqueles que ficam "excitados" relataram fazê-lo por conta própria com pornografia.

Realidade global

David Stuart, da clínica de saúde sexual de Londres, 56 Dean Street, comentou o estudo.

Estes resultados são consistentes com as histórias que eu ouço de comunidades gays que visito em todo o mundo.
Dentro da nossa própria mídia, dentro de nossas próprias comunidades e círculos de amizade, devemos continuar o diálogo sobre chemsex, e sobre o papel que o sexo desempenha nas nossas vidas e como nos valorizamos. É nossa obrigação fazê-lo.
 David Stuart, 56 Dean Street

Jamie Wareham, da Gay Star News, explicou que a pesquisa foi planeada para descobrir de que forma as pessoas estão envolvidas em chemsex, e não reportar frequências da sua prática.

SAÚDE: Estudo sobre Chemsex em Londres revela dados preocupantes

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e QUATRO.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal