CANADÁ: Outgames 2006 (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Sábado, 15 Julho 2006 20:56

CANADÁ
Outgames 2006



O espírito desportivo vai tomar conta de Montreal, no Canadá, a partir do próximo dia 26/7 com o 1º Outgames. A duas semanas dos Jogos, a organização comemora um resultado inacreditável: 12 mil atletas de 109 países se inscreveram para competir no evento que espera receber 250 mil visitantes e que tem como objetivo ampliar a visibilidade de gays e lésbicas no desporto.


De entre os 12 mil atletas participantes ? 52% deles são da América do Norte, 35% da Europa, 7% da Oceania, 3% da América do Sul, 2% da Ásia e 1% da África - mais de 100 são brasileiros mas apenas 2 de Portugal.No total, são 35 categorias, incluindo algumas mais atípicas como, por exemplo, golfe e bilhar.

Os Outgames não integram apenas competições desportivas. São também um grande festival cultural, cujo principal destaque é a Conferência Internacional sobre Direitos Humanos GLBT. Na programação estão seminários e workshops que devem reunir 2 mil pessoas.

Um dos trabalhos brasileiros selecionados com bolsa integral foi o de Dulcimar Antônio Grando, o Pipoca, organizador do Floripa Diversity Games, competição desportiva que aconteceu no último fim de semana em Florianópolis (SC). O trabalho de Pipoca, intitulado ?Aliado das Causas GLTB: Rompendo Barreiras?, pretende mostrar como alguém que não é do segmento pode contribuir para o processo de mudança de mentalidade e superação de preconceitos.

A forte e influente comunidade GLBT de Montreal ? estimada em 340 mil pessoas ? e milhares de turistas assistirão, na Cerimónia de Abertura, shows de K.D. Lang, Martha Wash, Deborah Cox e Cirque du Soleil. A tenista Martina Navratilova, que recentemente anunciou sua reforma dos courts, e o medalhista olímpico e co-presidente dos Outgames Mark Tewksburry também estarão presentes. Martina, que foi nove vezes campeã em Wimbledon, e Tewksburry lerão a ?Declaração de Montreal?, documento que pretende ser um retrato global da situação GLBT no mundo. Posteriormente, essa declaração será enviada às autoridades da ONU.

Para o ex-nadador Tewksburry, que declarou publicamente ser homossexual em 1998, os Outgames serão uma experiência ?inesquecível?. Segundo ele, a cidade já está pronta para receber os atletas. ?Os participantes verão avisos no aeroporto, cartazes em todas as ruas e serão recebidos de braços abertos pelo presidente da cidade [Gérald Tremblay]?, diz. O próprio Tewsburry competirá nos Jogos em duas categorias (natação e corrida). Mas ele diz que ele está abrindo uma excepção. ?Não voltarei para a natação de maneira nenhuma?, sublinha.

O campeão olímpico afirma que todas as expectativas em relação ao evento foram superadas, apesar do pequeno número de participantes, facto esse que, segundo ele, foi prejudicado pela proximidade com os Gay Games, que acontecem em Chicago a partir desse sábado, 15/7. ?Mas achamos que a idéia de um grande evento ainda é verdadeira?, ressalta.

Sobre o número pouco expressivo de brasileiros na competição, Tewksburry reconhece a dificuldade de atletas de países distantes de se deslocar ao Canadá. Mas ele acredita que ?no futuro haverá maiores oportunidades de desportos regionais para atletas GLBT em todo do mundo?. ?Isso é parte do legado que defendemos?, diz.

Na opinião do ex-atleta, os Outgames ajudam a promover a igualdade no mundo. ?Nosso objetivo é combater a homofobia no não assumido mundo dos desportos. E simplesmente celebrar quem realmente somos?, defende. Por causa da grandiosidade do evento, Tewksburry não consegue prever e estimar sua importância para a comunidade GLBT.

Uma história de luta e superação

Esta será a primeira vez depois dos Jogos Olímpicos de Barcelona (1992) que o ex-nadador canadiano participa de uma competição de natação. Em 2001, ele juntou-se ao projecto como co-presidente da Comissão Organizadora.

?Eu apaixonei-me pelo projecto e decidi mudar-me para Montreal [ele morava na África do Sul] para me dedicar totalmente ao projecto nos últimos cinco anos?, conta o atleta. Segundo ele, o facto de ter se assumido publicamente ajudou a melhorar a imagem de gays e lésbicas no preconceituoso mundo dos esportes. ?Infelizmente, ainda não há jogadores assumidos no futebol, baseball, basquete ou hóquei?, reclama. ?Ficarei muito feliz quando isso mudar!?

Com esse espírito de luta e superação, Tewksburry deixa uma importante mensagem todos os desportistas que competirão em Montreal: ?Nós os receberemos com amor e, se você não vier aos Outgames, acompanhe a cobertura online pelo nosso site... E aguarde as competições regionais dos Outgames na América Latina nos próximos anos. Boa sorte!?.

Os próximos Outgames acontecem em Copenhagen, na Dinamarca, em 2009. São Paulo é candidata a sediar a competição em 2013.

Mais informações em: www.montreal2006.org.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal