INTERNET: Dois grupos diferentes apoiam criação de domínio .gay (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 15 Fevereiro 2011 00:57

INTERNET
Dois grupos diferentes apoiam criação de domínio .gay



A dotGay e a Dot Gay Alliance estão a promover a criação de um novo domínio principal na Internet, além dos ".com", ".org" e de domínios nacionais como ".pt" os grupos querem ter um ".gay".


A responsável pela análise dos novos pedidos, ICANN, espera mais de 100 propostas para novos TLD (Top Level Domain) como .car, .health, etc...

A CNET publicou hoje uma entrevista com Scott Seitz, director executivo da dotGay.

Além do papel na dotGay, Seitz é também o fundador da SPI Marketing, uma empresa que se apresenta com um "menu completo" relativamente a marketing gay, planeamento de eventos e relações públicas. Clientes da SPI Marketing incluem nomes sonantes como a Absolut Vodka e a American Express.

Mas as coisas podem ser mais complicadas no que toca ao TLD .gay... diversos países têm mostrado resistência a certos domínios que podem ser considerados controversos. Por exemplo o domínio .xxx foi sugerido em 2004 e viu forte oposição por parte dos EUA e do Brasil e ainda não foi aprovado. E no caso do domínio .gay é certo o veto político por parte de diversos países árabes.

Na entrevista à CNET, Seitz explica como foi parar à dotNet, depois de ter passado pela Kodak e Pepsi, e que lhe apresentaram este novo projecto que ele viu como uma nova oportunidade na nova Internet que irá aparecer em breve.

Segundo Seitz a ideia é servir de índex para os diversos possíveis serviços que possam interessar à comunidade gay. E na linha deste plano está a necessidade de selecionar conteúdos adequados, "com o mínimo de filtragem", e excluir, por exemplo grupos anti-gay. Neste momento a política exacta de seleção ainda não está definida mas a ideia é trabalhar com "algumas das melhores organizações como a GLAAD e Lambda Legal".

Relativamente à Dot Gay Alliance, Seitz afirma que a mesma "não tem actuado no campo há mais de um ano", e mostra-se aberto a conversar com todos que "tenham uma compreensão genuína desta questão e da comunidade".

Já quanto ao dinheiro necessário para apresentar a proposta à ICANN, quase 140'000 EUR a visão de Seitz é um "híbrido entre fins lucrativos e com fins lucrativos." e dá exemplos de entidades como National Gay and Lesbian Chamber of Commerce, a International Gay and Lesbian Travel Association e a Damron Guides que estarão interessadas no projecto. Segundo Seitz embora os preços finais não estejam definidos a ideia é cobrar entre 50 a 100 USD (40 a 75 EUR) por ano por domínio.

A entrevista está disponível em inglês em news.cnet.com.

INTERNET: Dois grupos diferentes apoiam criação de domínio .gay

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e CINCO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal