ESPANHA: Miss Star Transex na primeira pessoa (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Segunda-feira, 14 Setembro 2015 22:17

ESPANHA
Miss Star Transex na primeira pessoa



Susana Mastroianni foi uma das convidadas a atuar no Miss Star Transex que decorreu em Barcelona e o PortugalGay.pt falou com ela sobre a experiência


O evento segue o figorino dos múltiplos concursos de Miss: distinguir a mais bela entre as concorrentes que se apresentam desde traje típico do seu país de origem, fato de banho e vestido de noite.

Mastroianni esteve nesse mesmo palco/passerelle como artista convidada e como sempre esta madeirense radicada no Porto e personagem do mundo, deslumbrou como sempre e fica aqui o seu relato na primeira pessoa:

Adorei ser convidada para fazer show neste belíssimo evento Miss Star Transex 2015 em Barcelona.

Muito bem organizado "à séria pela belíssima Thara Weels, o evento foi no Cúpulas Arena, misses lindíssimas, simpáticas que arrasaram em fato de banho, traje típico e vestidos de noite, e que vestidos mais lindos.

Momentos de show com as divas como Marcinha do Corintho, Nataxa Dumond, Cristini Couto e eu própria, Susana Mastroianni, senti-me muito honrada pelo convite e acho que fiz uma boa apresentação como todas.

Deixo com vocês alguns momentos, e a vencedora de noite foi a extraordinária Miss Chile. 

PG - Entre as concorrentes não se encontrava nenhuma portuguesa, perguntamos por isso como é que Susana viu essa "não participação".

Muito triste, pois falei com algumas trans portuguesas há 3 meses atrás convidando para participarem, falei ás 4 portuguesas que acho que tem tudo para este tipo de eventos, mas nenhuma se mostrou interessada, realmente tiro o chapéu às brasileiras por isso: tem iniciativa e vivem o evento de forma intensa, algumas candidatas gastam aos 10 mil euros em vestidos, trajes e equipa por trás delas, muito bom! 

PG - Não com esta dimensão, mas devemos registar que a discoteca “Pride Bar” realizou no seu espaço se não estamos em erro, um evento do género por dois anos consecutivos. Perguntamos a Mastroianni se achava possível haver um evento do género em Portugal

(Risos) impossível.... mesmo! Nós somos muito acomodadas, não que falte beleza ou talento! Em Portugal, existe e muito! Mas não é do nosso pais este tipo de evento, aliás mesmo o próprio evento em Portugal já era... quanto mais um Miss Transex feito "à séria" como este em Barcelona, e move muito dinheiro e muita gente. Em Espanha vêem tudo com melhores olhos que nós: aceitam muito e colaboram bem com estes eventos. 

PG - Tendo em conta a dimensão do evento que Susana Mastroianni nos relata perguntamos ainda quem era o público

Muita gente, sala cheia, todo tipo de gente, muita transexual, sim! Todas belíssimas vestidas a rigor, muita gente heterossexual também elegantíssimos. Notei ainda muitos fotógrafos de revistas e jornais espanhóis. 

PG - E como surgiu o convite para atuar no evento?

Sou amiga da organizadora, Thara Wells, que é uma transex muito conhecida em Espanha. Há muito tempo que faz festas e já me tinha convidado antes. Sempre impossível ir porque estava ocupada, mas desta vez foi possível e decidir ir e adorei tudo! Trabalho com a diva das divas brasileiras: Marcinha do Corintho que é um ser humano maravilhoso. Tive o prazer de estar com Michelly X que já foi Miss e agora veste Claudia Raia, Ana Hikmem, Susana Vieira e faz umas produções lindas inclusive vestidos passerelle misses. A fantástica e animadíssima Carolin de La Mar que organiza o Miss Transex Itália. Diva eterna Miss Natacha Dumond. Belas todas!!! Foram muito simpáticas com a "portuguesa" como amavelmente me chamavam, adorei! Só tenho que agradecer a Thara e a todas por me fazerem sentir em casa. 

PG - E o futuro?

Como deves ter visto há uns 3 meses atrás tinha decidido parar com os shows, inclusive despachei 80% do guarda-roupa, mas o carinho das pessoas como o Mário Carvalho, do público que me assiste, de algumas poucas amigas de palco e este convite em especial fez com que voltasse ao palco. Sinto-me muito desiludida com o show em Portugal daí querer sair. Falta de respeito pelos bons artistas, uma onda de novas que nada de bom trazem aos palcos, e alguns artistas que nada são se não prostitutos de palco, porque se vendem barato. É claro que quem culpo são os donos das casas que preferem pagar menos. Muita pena tenho do público que adora ver bons shows e é obrigado a assistir a essas criaturas.

Eu fiz um nome nos palcos em Portugal, não me considero a melhor artista de todas, porque isso não existe, mas sei que sou uma das boas artistas em Portugal. O facto de não baixar meu preço faz com que trabalhe menos mas contínuo igual a mim mesma, sempre Susana Mastroianni. 

PG - E voltar ao Miss Transex em Barcelona?

Irei sem pensar 2 vezes! 

Fotos

Veja a foto galeria aqui.

ESPANHA: Miss Star Transex na primeira pessoa

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SETE.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal