GANA: Presidente diz que legalização da homossexualidade é "inevitável" (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 12 Dezembro 2017 14:44

GANA
Presidente diz que legalização da homossexualidade é "inevitável"



O presidente do Gana diz que o país irá descriminalizar a homossexualidade a seu tempo, depois que o apoio popular crescer. Religosos reagem.


Nana Akufo-Addo, que se tornou o presidente do país em janeiro, foi convidado a uma entrevista à Al Jazeera no mês passado sobre a reforma do país em questões LGBT.

Atualmente, é ilegal ser homossexual no Gana, e homens homossexuais podem enfrentar até três anos de prisão. Grupos de direitos humanos dizem que os ataques homofóbicos físicos e violentos contra pessoas LGBT ainda são comuns, muitas vezes incentivados pelos meios de comunicação e líderes religiosos.

O presidente Akufo-Addo comparou a sociedade ghaniana ao Reino Unido na década de 1960, antes da despenalização da homossexualidade.

Essas questões sociais e culturais. Eu não acredito que, no Ghana, até agora, exista um movimento social suficientemente forte para mudar a opinião pública e ter um novo paradigma no país. Acho que é algo que deve acontecer. Como em outros lugares do mundo, as atividades de indivíduos e grupos [levam a mudanças] Presidente Akufo-Addo

Ele explicou como foi educado em Inglaterra numa altura em que a homossexualidade era banida e ilegal. E explicou que naquela altura os políticos britânicos não falavam sequer em mudar a lei. Mas as atividades de indivíduos e grupos e uma certa consciência cresceram, e forçaram uma mudança de lei. O presidente Akufo-Addo acredita que esses mesmos processos trarão mudanças à situação no seu país.

Neste momento, não sinto que, no Gana, exista uma forte corrente de opinião pedindo mudança. Não é até agora uma questão que está na agenda Presidente Akufo-Addo

Os comentários do presidente foram aproveitados pelos meios de comunicação do país, com alguns pontos de venda alegando falsamente que o presidente disse que o país "provavelmente legalizará o casamento entre pessoas do mesmo sexo".

Tradição de homofobia religiosa

A resposta do Conselho Cristão de Gana, foi dada por Kwabena Opuni, Secretário GEral, que explicou ao Citi News que os líderes do país devem demonstrar que estão decididos a garantir que a homossexualidade não seja legalizada no país.

A homossexualidade não é apenas uma questão de direito humanos. É também uma existência humana e um problema de sobrevivência. Isso ameaça a proteção social de África, que está inserida na família e nas crianças. Em toda a Europa, o casamento é entre dois jovens que pensam que se amam. Eles podem se casar antes mesmo de se apresentarem aos pais. Nossa parte do mundo precisa de duas famílias para se unirem para que o casamento seja possível Kwabena Opuni

Um clérigo muçulmano no Gana recentemente afirmou que o sexo gay "causa terremotos". Mallam Abass Mahmud fez as reivindicações em uma tentativa de justificar a violência contra pessoas LGBT, afirmando que o sexo gay causa desastres naturais. O clérigo deu uma entrevista à mídia local dizendo:

Deus fica irritado quando os machos se envolvem em encontros sexuais, e tais encontros desagradáveis ​​causam terremotos
Devemos permitir que tal vergonha continue em nossas comunidades contra nossos santos ensinamentos?
Certamente que não, e estamos muito felizes em perseguir esses idiotas de nossas comunidades
 Mallam Abass Mahmud

GANA: Presidente diz que legalização da homossexualidade é "inevitável"

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal