CAMARÕES: Polícia ataca bar gay e prende todos os presentes (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Dia da Liberdade
Parceiro PortugalGay

Terça-feira, 11 Outubro 2016 16:35

CAMARÕES
Polícia ataca bar gay e prende todos os presentes



Dezenas de homens foram presos depois de uma rusga num bar gay, numa ação que alguns descrevem como tendo sido feitos reféns por algum tempo.


O bar gay foi invadido pela polícia este fim de semana, levando à prisão de todos os clientes presentes no espaço. As autoridades começaram a invasão cercando o bar "Mistral" em Yaoundé com carrinhas nas primeiras horas do dia 9 de Outubro, tornando assim impossível qualquer ação de fuga.

Embora o bar não seja anunciado como um local de encontro LGBT devido às leis anti-homossexuais duras do país, Mistral é visto como um refúgio seguro para a comunidade da região. Seguindo o bloqueio, os policiais entraram no bar, tendo antes informardo os todos os presentes de iriam ser detidos, levando alguns a comparar o ataque a uma situação de sequestro, tal como descreveu um ativista:

As pessoas ficaram impacientes e começaram a pensar em si mesmos como reféns 

A polícia, ordenou as pessoas para deixarem o bar após verificação da identidade de cada um deles, e todos foram transferidos para carrinhas da polícia, independentemente da identificação apresentada.

"Patrulhas da polícia estavam estacionados em cada esquina do bar na frente, ao lado, para trás", relatou um ativista que escreveu sob pseudônimo.

A operação foi uma ação planeada ou pelo menos é assim que é descrita por ativistas da região. Alguns funcionários tentaram escapar pela porta dos fundos do bar, mas um veiculo da policia aguardava por eles. Não é claro quantas pessoas foram detidas, alguns ativistas apontam para as dezenas, assim como ainda não se sabe de que são acusadas as pessoas detidas.

Recentemente um requerente de asilo dos Camarões revelou recentemente que poderia estar enfrentando a deportação para Reino Unido, porque não tinha "provas" suficientes da sua orientação sexual. A homossexualidade é ilegal nos Camarões, as pessoas LGBT vivem sob o medo de enfrentar até cinco anos de prisão.

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas CINCO e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal