UGANDA: Rapper ex-homofóbico, defende agora direitos LGBT (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quarta-feira, 10 Fevereiro 2016 23:42

UGANDA
Rapper ex-homofóbico, defende agora direitos LGBT



Bobi Wine chegou a ser proibido de entrar em alguns países devido às suas letras que incitavam ao ódio.


O rapper Ugandês Bobi Wine era conhecido pelas letras que cantava e que incitavam ao ódio e à morte de todas as pessoas LGBTI. Mas agora apresenta-se como mais um militante na defesa dos direitos humanos.

Bobi Wine nome artístico, é na verdade Robert Kyagulanyi, já havia sido proibido de atuar no Reino Unido em 2014 devido ao teor das suas letras, pouco depois sofreu um surto de malária, que parece ter tido efeitos ao nível da consciência de Wine.

Agora ele retrata-se no seu facebook dizendo “na minha vida eu tenho discordado de muita gente em muitos assuntos. Nossas opiniões tem divergido no que à religião, orientação sexual e à política diz respeito”

Wine diz que as posturas que se toma muitas vezes são reflexo da educação, da localização geográfica e consequente sociedade em que estão inseridos, mas quer ele que isso não signifique que um ser seja superior ao outro só porque se tem opiniões diferentes nestas e outras matérias.

Diz Wine que a sua mensagem para este ano é “Ayawuka kundowoza yo mulabe tekimufula wo” ou seja “Diferença de opinião não nos torna inimigos”.

A opinião de ONG no terreno

Edwin Sesange, é diretor do Africano LGBTI Out & Proud Grupo Diamond disse já ter constatado essa mudança, anunciando que já teve oportunidade de dialogar com Bobi Wine e ter encontrado uma nova pessoa que inclui o termo tolerância no seu vocabulário quando antes promovia ódio sobre as pessoas LGBTI.

Sesange diz “è um passo na direção certa e esperamos que as pessoas agora o apoiem. Se Bobi Wine pode pregar a tolerância depois de ter tido uma mensagem de ódio no passado, então isso significa que o trabalho que fazemos para mudar atitudes está a resultar”.

Veja o vídeo

Deixamos aqui um tema do novo Bobi Wine num apelo à mudança e à não violência

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas QUATRO e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal