Notícias - CHINA: Televisão online envolta em polémica ao proibir conteúdos gay (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
Parceiro PortugalGay

Quinta-feira, 2 Março 2017 22:53

CHINA
Televisão online envolta em polémica ao proibir conteúdos gay



Grupos LGBT chineses exigem desculpas perante a declaração que afirma que homossexualidade é o "conceito errado de amor"


A fúria e a preocupação por parte dos grupos LGBTI chineses está instalada, isto porque a a homossexualidade foi descrita como sendo "o conceito errado do amor" por parte da LeTV (plataforma de streaming online). Uma coligação de grupos LGBTI exigiu à plataforma desculpas pela situação. A LeTV afirmou que determinado conteúdo era proibido para ser mostrado e discutido na plataforma pois esse conteúdo incluía o "conceito errado do amor, a homossexualidade e assuntos extra-conjugais".

A declaração foi condenada por grupos como o Beijing LGBT Center e o Tongzhi Zhisheng (voz LGBT), muitas pessoas afirmaram ainda pôr fim ao uso que empregavam na LeTV. A palavra homossexualidade foi rapidamente apagada no site, mas o "conceito errado de amor" persistiu e permaneceu como exemplo de conteúdo proibido.

Os defensores dos LGBTI exigem o pedido de desculpas.

Xiao Tiedisse, um funcionário do Centro LGBT de Pequim, disse ao Global Times:

Não é apenas a LeTV sozinha, as plataformas de vídeo chinesas estão todas a banir conteúdos relacionados com o mundo LGBT 

Existem outros conteúdos proibidos na plataforma, tais como "vulgaridade", "violência e difamação" da polícia, autoridades, forças armadas, ensino ou professores.

Em 2015, a China Television Drama Production Industry Association (Associação Industrial de Produção de Drama na Televisão da China) e a China Television Production Committee of the China Alliance of Radio, Cinema and Television (Comité de Produção de Televisão Cinema e Rádio da China) recomendou que certos tipos de conteúdo não deveriam ser mostrados na Televisão, a lista incluía temas como romance entre pessoas do mesmo sexo, casos extra-conjugais e programas de encontros por uma noite.

Também em 2015, a State Administration of Press, Publication, Radio, Film and Television (Administração Estatal de Imprensa, Publicação, Rádio, Cinema e Televisão) ordenou a remoção de um episódio com a história de uma celebridade de Taiwan, onde era discutida a solidão que vivia como um homem abertamente gay desde os 14 anos. A Administração Estatal afirmou que "é inapropriado discutir o tema em meios públicos".

CHINA: Televisão online envolta em polémica ao proibir conteúdos gay

Pode também ter interesse em:

 
© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas TRÊS e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2017 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal