Reportagem: Marcha do Orgulho LGBT no Porto 2009 (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Reportagem

Marcha do Orgulho LGBT no Porto 2009

O passado sábado, dia 11 de Julho, foi a data escolhida para a realização da 4ª Marcha do Orgulho no Porto (MOP) evento que pretende chamar atenção para a discriminação que algumas facções da nossa sociedade são vítimas todos os dias. A marcha teve início em 2006 motivada pelo brutal assassinato de Gisberta uma transexual que vivia num prédio abandonado da Invicta.

Segundo o manifesto apresentado este ano, em 2006, pedia-se "Um presente sem violência, Um futuro sem diferença". Passados quatro anos o foco é na família, com o lema "Na felicidade e na dor, o que faz a família é o amor".

O manifesto deste ano apresenta as diversas formas de constituir familía, e pede que sejam consideradas e respeitadas pelo Estado e sociedade em geral, e isto inclui o alargamento da lei do Casamento Civil (artº 1577) para todos os cidadãos indiferente da sua orientação sexual.

Segundo a PSP cerca de 1000 pessoas, homens e mulheres, de diferentes orientações sexuais, identidades de género, origens sociais e étnicas, marcharam pelas ruas emblemáticas da cidade. As entidades que organizaram e apoiaram a edição deste ano foram: Abismo Humano - associação de Artes, Abraço, ATTAC Portugal, Bloco de Esquerda, Caleidoscópio LGBT, Centro das Culturas - Acção Humanista, Cooperação e Desenvolvimento, Grupo de Trabalho Identidade X/Y - Sindicato Unificado da Polícia de Segurança Pública, não te prives - Grupo de Defesa dos Direitos Sexuais, Panteras Rosa, Partido Humanista, Poly-Portugal, Ponto Bi, PortugalGay.PT, SOS Racismo e UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. Além do carro do Porto Pride a marcha também contou, pela primeira vez, com a participação do Pride Bar e da discoteca Maria Lisboa.

O ponto de partida foi o jardim da Praça da República pouco depois das 15:00, a alguns metros do Governo Civil do Porto, de seguida a Rua Gonçalo Cristóvão, local onde algumas pessoas transexuais exercem a mais antiga das profissões, e também onde são agredidas e mal tratadas mesmo nos dias (e noites) de hoje, passando-se depois para a Rua de Santa Catarina, maioritariamente pedonal e sala de visitas da cidade. A Rua Passos Manuel foi o ponto de viragem em direcção à Avenida dos Aliados, subindo depois até à Câmara Municipal do Porto, onde foi lido o manifesto e dois dos padrinhos da marcha (Manuel Damas e José Soeiro) mostraram publicamente o seu apoio.

Em quatro anos a MOP cresceu muito, e trouxe á rua muitas pessoas não GLBT, mas que se revêem numa luta que é de todos e todas e não apenas de alguns. Dizia uma mãe e avó que marchava: "estou aqui pelos meus filhos e netos, e por muitos outros que nem conheço, mas não podem cá estar".

Um elemento da organização dizia no final, "foi linda, esta marcha inspirou-me os mesmos sentimentos da primeira, nessa altura porque era a primeira, hoje porque crescemos muito."

Mais informações sobre a marcha disponíveis em www.orgulhoporto.org.

Praça da República/Rua Gonçalo Cristóvão

Praça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo CristóvãoPraça da República/Rua Gonçalo Cristóvão

Rua Santa Catarina

Rua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa CatarinaRua Santa Catarina

Rua Passos Manuel

Rua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos ManuelRua Passos Manuel

Avenida Aliados

Avenida AliadosAvenida AliadosAvenida AliadosAvenida AliadosAvenida AliadosAvenida AliadosAvenida AliadosAvenida Aliados

Leitura do Manifesto

Leitura do ManifestoLeitura do ManifestoLeitura do ManifestoLeitura do ManifestoLeitura do Manifesto

Padrinhos da Marcha

Padrinhos da MarchaPadrinhos da Marcha
11 Julho 2009
 
© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas UM e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal