Entrevista: Carlos Castro (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

A Televisão

AS: E agora vamos falar um pouco na sua intervenção na televisão como júri...

CC: O programa deixou de fazer aquela componente de júri, porque não têm tido caloiros, então já não estou aí há coisa de um mês e tal, aquilo era directo ultimamente. Eles pensam retomar no final do ano. É engrançado, eu assumo que aquilo não é o meu formato do meu gosto pessoal. Por exemplo se me perguntarem eu raramente vejo televisão portuguesa, eu estou sempre a navegar, a fazer zapping por outros canais estrangeiros. Eu nunca tinha visto aquele programa, quando o Edilberto me convidou, convidou-me numa altura muito má, precisamente quando tive o problema com a outra minha cara-metade, cara-partida... E então na altura estava sem trabalho, outra vez... e o Edilberto foi a única pessoa que me telefonou, e disse-me: Carlos gostaria muito que fizesse parte do painel para dar credebilidade ao juri. E eu não tinha visto o programa, ouvia críticas muito más. E eu fiquei a pensar e disse: posso dar uma resposta para a semana?. Ele disse tudo bem. Falei com vários jornalistas, podia citá-los todos, jornalistas fabolosos, conhecidos, com grande projecção no país, não houve nenhum que dissesse: "não queiras". Todos disseram: aceita! E uma grande jornalista de televisão disse: mais vale um minuto na televisão que vinte anos em jornalismo a escrever. E eu aceitei. Acho que foi engraçado, ouve muitas pessoas simpáticas que passaram por alí...

AS: Telefonam-lhe muito, admiradores e admiradoras?

CC: Recebi muitas cartas...

AS: Também recebe cartas de amor, ou telefonemas...

CC: Algumas com assédio, telefonas...

AS: E você responde? Uma carta deve ser sempre respondida...

CC: Não respondo... tenho muito receio responder a essas cartas. Porque nunca sei se é uma armadilha, se é a sério. Mas tenho muitas cartas desse tipo. Até mulheres! Que me telefonavam e escreviam para jantar, para aparecer...

AS: Apaixonadas ou admiradoras suas...

CC: Não sei se apaixonadas...



Esta entrevista foi transmitida no programa Vidas Alternativas da Rádio Voxx (91.6 Lisboa, 90.0 Porto) no dia 19 Julho 2000.
Transcrição autorizada para o site PortugalGay por António Serzedelo.
 

Carlos Castro

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas SETE e OITO.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal