Entrevista: Carlos Castro (PortugalGay.pt)
Pesquisa:
 
Parceiro PortugalGay

Hoje em Dia

Carlos Castro:

Muitos manequins
não queiram fazer
passagens em
discotecas gays.
Mas eu acredito
que se me pedirem
que eu consigo
convencê-los
AS: Bem, vamos falar de outras coisas, de outros espectáculos... Hoje em dia o que você faz?

CC: Escrevo numa revista que é a TV+, tenho lá uma coluna, que sou muito bem pago para escrever aquela coluna. Não escrevo em mais lado nenhum. Não é que não me tenham convidado... não gostaria de fazer a crónica social ou de costumes, gostaria de escrever outras coisas. Como tenho feito no Diário de Notícias ao domingo, biografias de 7 ou 8 páginas, ou reportagem. E tenho os meus espectáculos, sou um produtor de espectáculos, que gosto muito de fazer. Tenho um grupo de giríssimas raparigas. São quatro mulheres espantosas e um rapaz. E então temos feito espectáculos por todo o país... faço muitos shoppings, muitas produções de moda. Acabei de fazer em Setúbal um grande espectáculo que foi a Rainha do Sado e que teve um grande impacto nas piscinas da Câmara Municipal.

AS: Eu no outro dia, tive aliás num espectáculo consigo, com a nova loja que abriu com roupa de manequins de homens que foi um espectáculo muito giro, muito privado...

CC: Privado! Aliás foram três dias privadíssimos. Eu tive imensos telefonemas, pediram-me imenso...

AS: De onde é que você desencantou aqueles belos espécimes?

CC: Fui a uma agência. Tenho uma relação de amizade muito grande com a maior parte dos manequins, e então foram convidados para fazer aquela passagem.

AS: E aquilo é pago à hora, ...

CC: É pago ao espectáculo, é como se fizessem uma passagem normal. É possível que muitos manequins não queiram fazer em discotecas, principalmente em discotecas gays, não queiram. Mas eu acredito que se me pedirem que eu consigo fazer, talvez por respeito a mim, por amizade, e o António sabe, na Gala dos Travestis tenho tido dezenas de manequins a desfilarem quase nús. Nos sete anos isso aconteceu em todas as galas. Este ano não sei se vou meter...

AS: Vai metê-los vestidos ou completamente nús?

CC: Isso é impossível, num país como este...



Esta entrevista foi transmitida no programa Vidas Alternativas da Rádio Voxx (91.6 Lisboa, 90.0 Porto) no dia 19 Julho 2000.
Transcrição autorizada para o site PortugalGay por António Serzedelo.
 

Carlos Castro

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?
Publicar a pergunta e resposta no Facebook PortugalGay.pt.

Nota: reservamos-nos o direito de selecionar e/ou ajustar as perguntas publicadas.

Não é um robot

Por favor marque as caixas DOIS e SEIS.
Depois clique em OK.

© 1996-2018 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa | Jovem Gay | Portugal LGBT Guide | Mr Gay Portugal