PortugalGay.PT
PortugalGay.PT
1.Índice 2.On-Line 3.Apoio 4.Espaço Aberto 5.PortugalGay.PT 0. Texto...
PortugalGay.PT
Inquérito da Semana: 10 a 16 Set 2014 - Acha que faz sentido o casamento religioso entre pessoas do mesmo sexo?
Estamos no Facebook

Escabiose e Pediculose Pubiana

Nota: este texto está redigido em Português de Portugal, alguns dos termos utilizados têm uma grafia completamente diferente no Brasil.
Tenha em conta esta situação se pretende utilizar partes do texto fora de Portugal.


Informação básica


A Escabiose é originada por um ácaro (Sarcoptes scabiei na variedade Hominis) que penetra na pele e aí deposita os seus ovos.

A Pediculose Pubiana (vulgarmente conhecida por "Chatos") foi identificada à séculos sendo originada por pequenos piolhos (Phithirus pubis) e respectivas lêndias. Para alguns autores é a mais contagiosa das doenças sexualmente transmissíveis.

Ambas as doenças s causam comichão tanto nos homens como nas mulheres.

Como se transmitem?



São normalmente transmitidos durante as relações sexuais. Podem tambem ser apanhados ao partilhar roupa, cama, mobília antiga forrada ou acolchoada, almofadas ou toalhas que tenham sido usados por uma pessoa infectada.

O que procurar?



Escabiose
Pediculose Pubiana - (c)2003 PortugalGay.PTPicadas na pele ou sulcos que contêm os ácaros e seus ovos que podem originar comichão. A comichão é de intensidade variável geralmente mais intensa à noite ou ao amanhecer. No homem particularmente nos espaços interdigitais, na face anterior dos pulsos e cotovelos, na parte interior das axilas, cintura, coxas e orgãos genitais externos. Na mulher nos bicos dos seios, no abdomen e na parte inferior das nádegas.

Pediculose Pubiana:
Tanto mulheres como os homens podem ter os sintomas seguintes: comichão intensa na zona púbica com pelos. Podem ser observados pequenos insectos rastejando ou minúsculos ovos nos pelos púbicos.

Em qualquer um dos casos os primeiros sintomas podem aparecer 1 a 2 semanas para a Pedicose Pubiana e 4 a 5 semanas para a Escabiose, no caso de reinfestação os sitemos podem aparecer desde as 24 horas após a reinfestação.

Como se tratam?



O tratamento usual consiste em loções que podem ser compradas numa farmácia. Siga cuidadosamente as intruções do farmaceutico ou médico. Caso esteja grávida informe a pessoa que lhe receita a loção. Durante alguns destes tratamentos não é recomendada a ingestão de bebidas alcoólicas. Lave toda a roupa incluindo roupa de cama com água quente para evitar a reinfecção. Pode continuar a ter comichão durante mais quinze dias após o tratamento mas não deve ter novas picadas. Informe todas as pessoas com quem teve sexo, partilhou cama ou roupa de forma a poderem ser examinadas e tratadas caso contrário podem reinfectá-lo. Se tem peças de roupa que não podem ser lavadas (como por exemplo um casaco de couro) mande-os lavar a seco ou feche-os num saco hermético e não o abra durante duas semanas.

Como posso evitar o contágio?



Se compra roupa em segunda mão ou tem roupa de outra pessoa, tenha a certeza que a lava em água quente antes da utilizar. Pode também selá-la num saco de plástico hermético durante duas semanas. Não partilhe a cama ou tenha sexo com alguém que tenha marcas de alergias ou problemas de comichão. Em caso de infecção de alguém que viva consigo faça com que todas os indivíduos do agregado familiar sejam tratados.

Notas:


Estes documentos são apresentados a título meramente informativo e não dispensam o conselho do seu médico.
Esta informação foi recolhida de várias fontes na Internet, consulte a página de links para mais informação
Informe-se e informe o seu parceiro sobre as DSTs, use sempre um preservativo, evite o sexo anónimo, limite o número de parceiros sexuais.



*Voltar ao índice de Doenças Sexualmente Transmissíveis


Escabiose e Pediculose Pubiana

© 1996-2014 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
© 1996-2014 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados


A Sua Opinião
Tem alguma sugestão ou comentário a esta página?


Publicar a pergunta e resposta em portugalgay.pt/blog.

Nota: o PortugalGay.pt reserva-se o direito de selecionar e/ou alterar as perguntas editadas nesta secção.

Sistema de autenticação
Por favor marque as caixas DOIS e SETE.
Depois clique em OK.

                             
Junte-se a nós no FacebookSiga-nos no Twitter

© 1996-2014 PortugalGay®.pt - Todos os direitos reservados
Informação sobre Publicidade | Contactos | Mapa do Portal

Portugal Gay | Portugal LGBT Pride | Casamento Civil para Todas as Famílias | Queer Lisboa / Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa | Jovem Gay | Hot Gay Portugal Guide | Mr Gay Portugal